5 meses depois…

Comemorando nosso quinto mês aqui, faço uma reflexão sobre nossa caminhada.

O bom de escrever é conseguir registrar tantas mudanças que aconteceram e que ainda acontecerão…

Desde o dia em que chegamos, nos lançamos em muita coisa desconhecida e estamos colecionando experiências, sem dúvida. E o resumo de tudo isso (bem resumidinho mesmo…) é…

english

Idioma

Olhando para trás vejo que a familiaridade com o idioma é algo conquistado diariamente e que nos deixa sempre mais à vontade. Hoje já consigo fazer comida ouvindo a BBC e saber do que eles estão falando no rádio, consigo conversar com naturalidade no parquinho, com amigos, ligar para o gerente do banco para tirar uma dúvida. O que antes me deixava petrificada, agora eu uso como possibilidade de ampliar meu léxico.

Mas dá para viver aí sem falar inglês? A verdade é que dá, mas seu mundo – como diria Wittgenstein… – se mantém infinitamente menor!

IMG_3111

Alimentação

A comida não é ruim! Um grande senso comum é dizer que a comida aqui é terrível (e isso era um fantasma para nós, pais que tentam impor hábitos alimentares saudáveis para as meninas). Nesses 5 meses aprendemos a AMAR Sunday Roast, por exemplo. Nos surpreendemos com o sabor da comida aqui. Ervilhas, morangos, peixes, mamões (que vêm do Brasil…), cerejas, cuscuz árabe… dá sim pra comer bem. O valor da comida ser acessível também ajuda nessas escolhas. Acumulamos, de quebra, alguns quilos perdidos.

strangebrits-ii

Povo

O inglês não é chato e antipático. Nosso primeiro contato com ingleses foi com nossos vizinhos. Simpáticos, daquele tipo que sempre cumprimenta quando passa por nós. Nos deram dicas e contaram sobre o bairro. A Jackie, a babá da Liv, foi uma quebra de paradigmas, também. Velhinhos e crianças, os melhores ingleses. Rsrsrs

britishweather

Clima

O clima. Ah, o clima. British lovely weather. Verão de cardigã. Termômetro marcando 14 graus celsius. Bem vindo à cinzenta londres. Em 5 meses um aprendizado valioso: JAMAIS saia de casa sem um casaquinho, um lenço… o tempo muda quando menos esperamos.

London top tourist attractions printable city street map

Tudo certinho

O padrão. Muitas coisas aqui têm um padrão. Isso é um bálsamo para esse meu jeito organizado de ser. As tomadas são todas iguais. Os símbolos de transporte público também. A frequência do metrô. Até os produtos de marca própria dos supermercados têm o mesmo padrão. Ah, que delícia…

1200px-union_flag_tv-svg

Televisão

A TV. TV aberta é bizarra em qualquer canto do mundo. Cada programa… que olha! Nossa sorte é que a BBC tem uma espécie de Netflix própria que nos oferece programas, séries, filmes e documentários. Além do CBeebies, a BBC pros pequenos!

maxresdefault1

Trabalhar. Esqueça os enormes benefícios pagos pelas empresas no Brasil. Esqueça praticamente todos eles. Mas tenha algo em mente: as férias aqui são acumuladas mês a mês, portanto você pode sair de férias já no seu segundo mês de trampo. Nada mal!

baggage

Malas de viagem

Acostume seu olhar. Tem sempre alguém passando com uma mala à caminho de algum aeroporto, estação de trem, rodoviária… o trânsito de pessoas é intenso. Viajar é parte do vocabulário de qualquer um que vive aqui.

Enfim, continuamos com os olhos-brilhando-de-quem-acabou-de-chegar. E sentimos, também, muito mais segurança em coisas do dia a dia. A adaptação das meninas nas escolas (cada uma estuda em uma), nossos trabalhos, o transporte, o clima, as contas que chegam… os sonhos que vamos realizando e colocando outros no lugar…

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s